#8M : Mulheres viajantes realizam primeiro encontro nacional no Rio

Durante o mês de março, a cidade (e a gente) comemora a luta das mulheres pelo mundo, culminando no dia 8/3 o Dia Internacional da Mulher. E, para comemorar a data, vão rolar vários eventos pela cidade e também em cidades próximas, como o Festival Las Mariposas, em Petrópolis.

Já aqui no Rio, no sábado (10/3) acontece o I Encontro Nacional de Mulheres Viajantes. Na programação, mesas-redondas, workshops e outras atividades para abordarem o crescimento do público feminino que preferem viajar sozinhas. O evento será realizado das 15 às 18h, no Bossa Nova Mall, em parceria com o grupo Na Estrada com as Minas.

O encontro é uma oportunidade para mulheres trocarem experiências e dicas de viagem. Dentre os temas que serão abordados, estão “Os desafios de ser uma mulher viajante” e “Viagens que conectam”. Das viajantes convidadas, está Thaís Kuga, do aplicativo 3Marias, que auxilia mulheres a encontrarem companhia para se sentirem mais seguras, e a blogueira Amanda Antunes, do blog Prefiro Viajar.

– –
I Encontro Nacional de Mulheres Viajantes
Quando: 10/3 (sábado), 15h às 18h
Onde: Bossa Nova Mall – R Almirante Silvio de Noronha, 365 (ao lado do aeroporto Santos Dumont)

Anúncios

Minhas 7 dicas infalíveis para economizar em uma viagem

Além de amar o Rio, eu também adoro sair da cidade e viajar. Mas sou gentem como a gentem e sempre procuro um jeito de economizar quando embarco para uma nova aventura. Posso dizer, é possível viajar com menos do que se imagina!

Você acha que não tem grana suficiente para conhecer os destinos dos seus sonhos? Confira as dicas e aprenda a economizar nas suas trips, você vai ver que é possível viajar com qualidade, sem pagar caro por isso!

1 – Planejar é a solução
Não adianta, viagens de última hora, ou sem planejamento, sempre saem mais caras. Se você trabalha e precisar marcar férias com antecedência, aproveite para procurar com calma as tarifas mais baratas. Dá até para esperar aparecer uma boa promoção para o destino que você deseja conhecer. O ideal para compras de passagens aéreas é entre seis e dois meses (para as internacionais) e dois meses a 15 dias (passagens nacionais). Antes ou depois dessa média pode ser furada. Meu guia para isso é o Melhores Destinos, que tem um app gratuito que avisa sempre que aparece uma boa promoção.

2 – Pesquise sempre
Se diferentes cias aéreas fazem o trajeto que está procurando, compare todos os preços antes de decidir em qual comprar. Às vezes uma cia que você não gosta tanto está com uma promoção imperdível, que compensa a troca. Alguns sites, como Kayak, Skyscanner, Decolar, Submarino Viagens e Viajanet, fazem essa comparação para você.

3 – Tenha datas flexíveis
Os voos costumam ter preços diferentes conforme as datas de ida e volta. Dias com menos procura (terça à quinta) costumam ter melhores valores. Vale mexer um pouquinho no roteiro para economizar sem fazer esforço.

4 – Viaja muito para um mesmo destino? Combine as datas
Esse “pulo do gato” eu aprendi com um controlador de voo, que precisava fazer a viagem Recife-Rio a cada 15 dias, para frequentar as aulas de mestrado na capital carioca. Para quem precisa ir para um mesmo destino muitas vezes já sabendo antecipadamente as datas, dá para alternar ida e volta, deixando as tarifas mais baratas. Vou explicar: destinos para um final de semana, por exemplo, são mais caros do que comprar uma viagem que vai durar uma semana. Assim, se você vai fazer Recife-Rio do dia 12 a 16/11 no destino e depois volta entre os dias 27 e 30/11, pode comprar assim: Recife-Rio 12 e 30/11 e Rio-Recife 16 e 27/11. Parece confuso, mas o resultado é animador. Anote todas as duas datas num papel e vá casando ida e volta.

5 – Busque por hospedagens alternativas
Será que só existe uma única opção de hospedagem para o destino que escolheu? Hoje em dia os hostels possuem quartos privados, com banheiro e café da manhã, tal qual um hote, mas com tarifas mais baratas e a possibilidade de conhecer viajantes de todo o mundo. Outros lugares, como Milão, na Itália, a hospedagem mais em conta são os aluguéis de casas e quartos pelo Airbnb. Para os mais aventureiros, que tal fazer um couchsurfing? Você dorme, literalmente, no sofá da casa de um anfitrião e não paga nada por isso.

6 – Pesquise tarifas diferentes para a mesma hospedagem
Assim como nas passagens aéreas, um mesmo hotel ou hostel pode ter valores diferentes, de acordo com o site em que você realizar a reserva. Há sites que realizam essa busca e acham os melhores valores, então pesquise antes de fechar um local, é possível encontrar bons descontos e facilidades para pagamento, como cancelamento gratuito.

7 – Leia relatos sobre o destino escolhido
Por que se meter numa furada de se hospedar em um hotel que nunca ouviu falar ou deixar para comprar na hora o ticket do museu mais importante da cidade? Leia os relatos de quem já viajou para onde você deseja ir e pegue todas as dicas possíveis: qual bairro é mais seguro, qual tem mais agito, como funciona o transporte, qual site vende ingressos para as atrações, como sair do aeroporto… Meus preferidos são os do Viaje na Viagem e Mochileiros. Vale também as avaliações dos lugares feitas por viajantes no TripAdvisor. Estar preparado e seguro sobre seu roteiro torna a viagem mais agradável e sem imprevistos. O tempo que você ganha antecipando a compra de atrações, por exemplo, pode ser usado para conhecer mais lugares!

Foto: Journalist On The Run

 

Roteiro bate-volta para Arraial do Cabo – o paraíso é logo ali!

A gente ama praia o ano inteiro, mas no verão parece que o corpo (e a alma!) pedem por areia nos pés e água gelada na cabeça!

Algumas das praias mais lindas do Brasil estão pertinho do Rio, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos. A cidade é mundialmente conhecida pelas belas paisagens e pela prática de mergulho em alto-mar.

img_7325
O quêêêê? Ainda não conhece Arraial?

O paraíso fica há cerca de três horas do Rio e dá para ir de carro, ônibus e até Uber! Dá até para ir e voltar no mesmo dia!

Gostou? Então confira nossas dicas e não deixe de conhecer esse pedaço do paraíso! Iusca!! 

– Como ir? 

De carro: vá para a Região dos Lagos. A maneira mais prática é pela Via Lagos, sentido Cabo Frio/Arraial.
De ônibus: a empresa que faz o trajeto é a Auto Viação 1001. As passagens podem ser compradas pelos site e ou na rodoviária. Os ônibus saem da rodoviária do Rio e deixam na rodoviária de Arraial, que fica no centro da cidade. As passagens custam entre R$55 e R$80.
De Uber: a empresa agora está funcionando na Região dos Lagos, então dá para orçar um precinho e dividir com os amigos a viagem. Sai mais barato que o ônibus.

Dica: se forem a partir de duas pessoas, vale a pena até alugar um carro, já que as passagens de ônibus estão bem salgadas!

img_7322

– Onde ficar?

O roteiro é um bate-volta, para quem não vai dormir na cidade. Mas, se quiser esticar a visita, na Praia Grande há bares e restaurantes que funcionam à noite, com música ao vivo. Perto na Praia dos Anjos também se encontram boas opções de pousadas e casas para alugar por temporada.

– O que fazer?

img_7265

Faça um passeio de barco! É a melhor maneira de conhecer todos os encantos da cidade de uma só vez! Os passeios duram, em geral, quatro horas, nos levando para cenários marítimos incríveis e com parada para banho nas principais – e mais lindas – praias: Prainhas do Pontal e Praia do Forno. ❤

A boa é chegar cedo e fazer o passeio logo pela manhã, para aproveitar bem o dia. Quando fui, me falaram que a última saída é as 11h, então quanto mais cedo melhor.

img_7299

Dica: Da última vez que fui, fiz o passeio com o barco do Fabio Miranda e gostei muito. Equipe de bordo divertida, prestativa e paciente. Eles têm bebidas não acoólicas inclusas e vendem cerveja e espetinhos! O barco sai do cais da Praia dos Anjos. Tel para reserva: (22) 99932-7371. 😉

Após o dia de passeio, não deixe de ver o por do sol na Praia Grande. Não vou falar nada para não estragar a beleza do momento, mas não é à toa que muita gente bate palmas e assobia para o sol por lá!

Para quem procura algo mais calmo, uma ótima opção é a Praia do Forno. Dá para ir por uma pequena trilha ou pegar um barco que deixa lá rapidinho. Águas tranquilas, mais quente que nas outras praias da cidade e quiosques vendendo comidas e bebidas. Ideal para crianças.

img_7321
Trilha para a Praia do Forno

– Onde comer?

Depois de ficar o dia todo em alto mar, pegando sol e mergulhando muito, a fome é certa! Na cidade não há grandes opções de restaurantes renomados, mas muitos lugares gostosos para ser comer peixe e frutos do mar.

O Bacalhau do Tuga , na Praia dos Anjos, é um dos restaurantes mais conhecidos da região e indicado para quem gosta de comida farta. Um dos pratos mais pedidos por lá é a feijoada de frutos do mar.

Na orla da Praia Grande estão muitos quiosques servindo desde sardinha frita até pratos moquecas. Uma iguaria que adoro são os quibes de peixe. Não deixe de experimentar!

img_72531

– É hora de dar tchau… 

Para quem não vai ficar por lá e vai voltar de ônibus, o último parte um pouco antes da meia noite. Mas, se estiver de carro, aproveite para curtir um pouco da noite na orla da praia, música ao vivo e vento. Você vai sentir falta deste frescor quando voltar ao Rio. 😉

img_7320

Cristo Redentor: dicas para visitar (sem filas!) o ponto turístico mais querido do país

Não tem jeito, o Cristo de braços abertos para a Baía de Guanabara é o símbolo do nosso país. As pesquisas falam por si: o local foi eleito, pelo segundo ano consecutivo, o ponto turístico mais bem avaliado do Brasil pelo usuários do TripAdvisor (o site de viagens mais popular do mundo).

Em 2007 foi eleito informalmente como uma das novas sete maravilhas do mundo. Em 2012 a UNESCO considerou o Cristo Redentor como parte da paisagem do Rio de Janeiro incluída na lista de Patrimônios da Humanidade.

IMG_5494

Aberto diariamente, o Corcovado recebe até 10 mil visitantes por dia (!!!), para conhecer a estátua e apreciar a cidade pelo seu mirante. E, claro, tirar muuuitas fotos. A paisagem é realmente espetacular, de tirar o fôlego! O Cristo está a 709 metros acima do nível do mar, então dá para ver a cidade toda.

img_5487

Assim como nos maiores pontos turísticos do mundo, o local não tem entrada gratuita e, por isso, fica de fora do roteiro de alguns viajantes. Além disso, se as entradas não forem compradas com antecedência, o risco de não conhecer o Cristo é alto. Para se ter uma ideia, 30% das entradas para o período das Olimpíadas já estão vendidas!

img_5512
A clássica foto no Cristo. Você encontrará muitas pessoas na mesma pose

Mas… nossa missão neste post é ajudar os viajantes e cariocas que desejam visitar o local, então separamos algumas boas dicas para vocês:

– Compre seu ingresso com antecedência!

Há três modos de se chegar ao Corcovado: de van, trem ou a pé.

Para os aventureiros que desejam ir caminhando, desejamos sorte e recomendados o grupo Trilhas Cariocas, no Facebook, porque o caminho para lá não é fácil.

O consórcio Paineiras-Corcovado administra as vans para o local. Tem saída por Copacabana (Praça do Lido – Av. N. Sra. de Copacabana, entre Ronald de Carvalho e Belfort Roxo), Largo do Machado (na praça, em frente à igreja) e Paineiras (antigo Hotel Paineiras. Esse local vai receber,  meados de julho,um Centro de Visitantes, com museu, restaurante, etc). Foi assim que fomos desta vez (saindo de Copa) e é bem prático, já que com um mesmo ticket você garante translado ida e volta (com ar condicionado, o que para o verão carioca faz toda a diferença) até o pé da estátua e entrada para o monumento. Dá para comprar os ingressos pelo site deles ou nos guichês dos pontos de saída do transporte.

Embarque das vans do Corcovado para Copa, Largo do Machado e Paineiras


De trenzinho, o caminho é pelo Cosme Velho (Rua Cosme Velho, 513 -a linha 583 deixa na frente), administrado pela empresa Trem do Corcovado. Há saídas seguidas, limitadas pelo número de vagas no trem. Você compra com hora marcada. O ingresso vale para transporte + entrada no Cristo. A partir de julho, esse ponto não venderá mais tickets para embarque na hora, então só pela internet ou nos pontos de venda físicos.

img_5570
Pode pedir a namorada em casamento no meio do passeio? Pode! Presenciamos essa linda cena ❤

– Escolha a opção que cabe no seu bolso, mas não deixe de ir!

Minha vida de viajante amadora me provou que todas as maiores atrações do mundo custam em média o mesmo valor: 50 reais (convertidos na moeda no país de destino). Pode ser Cristo, Torre Eiffel, Torre de Belém ou a Estátua da Liberdade.

img_5541

Porém, vamos falar de coisa boa, vamos falar de promoção! 😊

Indo de van (transporte + ingresso) – embarques diários das 8h às 17h
– Copacabana e Largo do Machado: 56 baixa temporada/ R$68 alta temporada/R$ 44 crianças de 05 a 11 anos/ R$ 37 brasileiros ou estrangeiros residentes a partir de 60 anos- Paineiras: 26 baixa temporada/ R$38 alta temporada/R$ 14 crianças de 05 a 11 anos/ R$ 7 brasileiros ou estrangeiros residentes a partir de 60 anos

Indo de trem (transporte + ingresso) – embarques diários das 8h20 às 17h
– 56 baixa temporada/ R$68 alta temporada/R$ 44 crianças de 05 a 11 anos/ R$ 22 brasileiros ou estrangeiros residentes a partir de 60 anos

– Fuja dos horários de pico!

img_5508

Antes de tudo, aceite: vai estar cheio. Se num dia normal o Corcovado recebe cerca de oito mil pessoas por dia, nas Olimpíadas vai estar funcionando com sua capacidade máxima de visitantes/dia, que seriam cerca de 10 mil. Mas, existem alguns horários “menos lotados”como o começo da manhã e o fim da tarde. Se for comprar seu ingresso com antecedência, priorize esses horas.

img_5526
Não importa o horário, o guarda Murta está sendo atento e ajudando os turistas com dicas de boas maneiras e cuidados ao visitar o local. Imperdível, procurem por ele!

No mais, relaxe, sorria e aproveite. Não é todo dia que estamos visitando um lugar como esse! 🙂

img_5540
Para os mais religiosos, há uma capela no local, aberta todos os dias

– Levar lanche ou comer no local?

Ao contrário do que imaginei, as opções de comida no Cristo não são tão caras, tão pouco super baratas. Há duas lanchonetes e um restaurante no local. Opção de almoço por menos de R$30 por pessoa. Mas não existe nenhuma restrição para quem leva sua própria comida, o que não tem é espaço para fazer um piquenique, por exemplo. Dê preferência para lanches rápidos.

* Agradecemos ao Consórcio Paineiras-Corcovado que nos convidou para este passeio. Valeu!

As viagens de Amyr Klink em exposição no Forte de Copacabana

Quem nunca se encantou com as viagens de Amyr Klink pelo mundo? Pois elas estarão retratadas a partir amanhã, 1/10, no Forte de Copacabana.

A exposição “Linha D’água” reúne fotografias do acervo do velejador. Klink já realizou mais de 40 viagens oceânicas e tornou-se referência nacional quando se fala em consumo consciente, especialmente da água. Os visitantes poderão ver de perto o barco original I.A.T., utilizado na Travessia do Atlântico Sul a remo, viagem durou 100 dias.

Ah, e não menos importante, a exposição é gratuita! 🙂

* ERRATA: Recebemos uma errata da organização do evento. A mostra é gratuita, mas a entrada no Forte de Copacabana é paga 😦 Porém não passa do padrão RDG: inteira R$6/meia R$3. 

No dia 6/10, o público poderá conferir uma palestra com Amyr Klink, às 15h, no Auditório Santa Bárbara, no Forte de Copacabana. Ele conta sobre suas viagens e experiências e fala das estratégias de consumo ligadas à água, mostrando que planejamento, precisão e consciência são fundamentais. Para assistir à palestra é preciso retirar antecipadamente um vale-ingresso pelo site www.dcolor.art.br/ingressos, a partir do dia 22/9.

No dia do evento, os vales deverão ser trocados pelo ingresso no local da palestra. Aqueles que não forem trocados até este horário serão invalidados e disponibilizados para o público em geral.

O Forte de Copacabana fica na Praça Coronel Eugênio Franco nº 1 – Posto 6 / Copacabana.

A exposição fica em cartaz de 1 a 6/10, das 10h às 18h.

Azul distribui voucher de R$50 para seus voos

A companhia aérea Azul está distribuindo 200 mil vouchers de R$50 para comemorar seus 3 milhões de seguidores no facebook.

Para ganhar é muito simples, mas corra porque os vouchers estão acabando!!Clique no aplicativo da página da Azul no facebook, preencha com seus dados e receba o vale no seu email.

promo_azul02

Aproveite e boa viagem!

Promoção de hostels por R$0,01

A rede Hi Brasil, com mais de 100 hostels espalhados pelo país, lançou uma super promoção: a diária do dia 15/5 sai por R$0,01. Isso mesmo, um centavo! Não é feitiçaria, não é tecnologia, é para comemorar o dia do alberguista! 😉

Área de lazer do Hostel 7, em Brasília
Área de lazer do Hostel 7, em Brasília, que participa da promoção

 

A data marca o nascimento do professor alemão Richard Schirmann, que criou o movimento alberguista em 1909 e o descontão é feito em diversos hostels pelo mundo. De acordo com a história contada, durante uma viagem com um grupo de alunos, Schirmann não conseguiu encontrar um local que oferecesse estadia para todos. Foi então que ele teve a brilhante ideia de construir um hotel para abrigar viajantes jovens a custo baixo.

Para participar da promoção aqui no Brasil é preciso ter a carteirinha de alberguista internacional (a Hostelling International) e só vale para quartos compartilhados.

Chapada Hostel,
Hostel Chapada, nos Lençóis (BA), por um centavo? Só no dia 15/5

 

Veja a lista dos hostels participantes:

Alagoas
Maceió Hostel – Maceió

Bahia
Hostel Caminhos da Chapada – Palmeiras
Hostel Chapada – Lençóis

Distrito Federal
Hostel 7 – Brasília

Ceará
Jeri Brasil Hostel – Jericoacoara

Paraíba
Hostel Pousada do Inglês – Jacumã

Paraná
Paudimar Campestre – Foz do Iguaçu
Curitiba Eco Hostel – Foz do Iguaçu​

Pernambuco
Arrecifes Hostel – Recife
Hostel Boa Viagem – Recife

Minas Gerais
Pico da Bandeira – Alto Caparaó
Lá em Casa – Belo Horizonte
Brumas Hostel – Ouro Preto

Rio de Janeiro
Holandês Hostel – Ilha Grande
Samambaia Hostel – Petrópolis
Copa Hostel – Rio de Janeiro
Caipi Hostel – Rio de Janeiro
Brothers Hostel – Rio de Janeiro
Recanto do Lord – Teresópolis

Rio Grande do Norte
Albergue da Costa – Natal
Albergue da Jangada – São Miguel do Gostoso

Rio Grande do Sul
Porto Alegre Hostel Boutique – Porto Alegre

Santa Catarina
Joinville Hostel – Joinville
Rezende Hostel – Balneário Camboriú​

São Paulo
Santos Hostel – Santos

 

Mais informações no site da Hostel International Brasil

Dica pescada no blog Mochila Pride