Primavera Literária comemora 17 anos com edição especial na Casa França-Brasil

A Primavera Literária já ocupa seu lugar no calendário cultural da cidade. Todo ano, somos presenteados com literatura de qualidade, palestras, contação de histórias, teatro e música. E, comemorando 17 anos do evento, a edição de 2017 será, pela primeira vez, na histórica Casa França-Brasil.

A edição deste anos acontece entre os dias 26 a 29/10, com programação cultural e estandes de editoras das 10 às 20h.

A Primavera Literária o maior evento das editoras independentes do estado do Rio e promove a bibliodiversidade, que é a diversidade cultural aplicada ao mundo dos livros. Para esta edição, apresentará uma programação repleta de atrações, com um olhar atento para a realidade da cidade, imersa em uma das maiores crises de sua história: além da escalada da violência urbana, não é possível compreender o Rio sem recordar do seu antigo apelido, de “tambor do Brasil”.

Casa França-Brasil:  fachadas
A bela Casa França-Brasil. Foto: Pedro Agilson / Oca Lage

Promovido pela Liga Brasileira de Editoras (LIBRE), o evento terá destaques como a mesa “Martinho da Vila conversa sobre o Rio de Janeiro, crônicas e música”, com a presença do sambista, que vai falar  sobre sua veia literária, marcante não só nas composições como em seus livros lançados. Essa mesa vai acontecer na quinta-feira, 26/10, às 18h.

Outros destaques são as mesas “O Rio e o Rio que queremos”, uma reflexão sobre o momento atual da cidade (sábado, 28/10, às 11h); a ascensão do conservadorismo em “O conservadorismo e o retrocesso nos dias de hoje” (Domingo, 29/10, às 16h) e “A crise política e o poder no Brasil” (Sábado, 28/10, às 16h).

Também estão programadas mesas que debaterão temas estratégicos do mercado editorial, como “Edição e autopublicação” (sexta-feira, 27/10, às 16h). A mesa “Posto, logo existo: literatura em tempos de redes sociais” (domingo, 29/10, às 18h), analisará a interface entre as tecnologias analógicas e digitais, realidade em que cada vez mais são observadas correlações onde o digital assimila o analógico, e não apenas vice-versa.

A programação completa está disponível aqui.

– –
Primavera Literária
Onde: Casa França-Brasil – Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro
Quando: 26 a 29/10, das 10h às 20h.
Quanto: Entrada e mesas gratuitas

Anúncios

Salão Carioca do Livro leva a diversidade da literatura ao Píer Mauá

De hoje a domingo (24 a 27/11) o Píer Mauá recebe o Ler – Salão Carioca do Livro, que vai transformar o local num Boulevard Literário, com a presença de escritores, editoras, livrarias e leitores. Toda a programação é gratuita! 

Dentre os autores confirmados nas mesas de debate, estão Luis Fernando Veríssimo, Cora Ronai, Marcelo Rubens Paiva, Alberto Mussa, Anderson França, Paulo Lins, Mary Del Priore, Gregório Duvivier e Heloísa Seixas.

O evento conta também com exposições interativas e oficinas de escrita. No espaço Café do Livro serão debatidos ficção policial, memória, poesia, sexualidade, comportamento e tecnologia, reforçando a diversidade. No jardim Literário, convidados vão declamar poesias.

ler-salao-do-livro
Julio Silveira, curador do LER/ Foto: Ana Paula Pereira

Foram criados espaços infantis para promover o hábito da leitura de forma lúdica, área dedicada à leitura para jovens adultos, apresentações teatrais de clássicos da literatura nacional, esquinas com espaços para lançamento de livros e encontro com blogueiros, área dedicada a saraus abertos à participação ativa do público e o salão do livro com estandes de livrarias e editoras independentes e artesanais.

Os sebos e os livros digitais também terão áreas destinadas a eles!

O Boulevard Literário, contará com food trucks e quituteiras da região, além de bancos em formatos de livros, minibibliotecas e personagens de grandes clássicos da literatura circulando para animar o público presente.

Muita atividade legal rolando nestes quatro dias, está imperdível! Para saber a programação completa, clique aqui.

– –
LER – Salão Carioca do Livro
Quando: 24 a 27/11
Onde: Armazéns 2 e 3 do Pier Mauá, das 10h às 21h
Quanto: Entrada e atividades gratuitas

 

Exposição retrata o corpo na arte e na literatura

Com curadoria de Ana Kiffer, a exposição “Cadernos do Corpo” terá sua abertura nesta quarta-feira, 20/4, no Centro Cultural da Justiça Federal, no Centro.

A exposição é o desdobramento de um grupo de pesquisa sobre escritas processuais e experimentais, no limite entre a literatura e a arte. A aposta da mostra é a de que a criação artística se relaciona com a produção de subjetividades e com a atuação política no mundo, e também a de que o caderno não se insere, hoje, apenas como registro do íntimo e do [in]confessável, normalmente revelado após a morte do artista ou do escritor.

Assim, a exposição apresenta os cadernos dos artistas em seus mais variados suportes,
desde o preto sobre branco do papel até o vídeo e a performance, servindo de plataforma para a experimentação da escrita como pergunta, como endereçamento e como curiosidade radical pela vida.

Além da exposição, haverá uma série de seminários com artistas, poetas e pesquisadores convidados de diversas áreas (filosofia, antropologia, música, teatro). O objetivo é explorar os cadernos como acontecimentos de passagem, entre o manuscrito do escritor e o livro de
artista, ou como obras processuais, obras-sem-obras.

Artistas: Adriana Azevedo | Ana Costa | Antonia de Thuin | Clarisse Zarvos | Diego Ferreira | Dyonne Boy | Fernanda Correa | Kammal João | Maíra Fernandes de Melo | Marcela Filizola | Natalie Lima | Paula Terra | Raissa de Goés

Performances: Beatriz Provasi | Clarisse Zarvos | Daniel Castanheira | Mila Bartilotti | Omar Salomão | Raissa de Goés

A abertura será hoje, às 19h e a exposição fica aberta para visitação até 5/6, de terça a domingo, das 12h às 19h.

O Centro Cultural da Justiça Federal fica na Av. Rio Branco, 221 – Centro.

Fim de semana com festa literária em Santa Teresa

Neste final de semana, 16 e 17/5, acontece a FLIST, Festa Literária de Santa Teresa. A programação conta com dezenas de eventos acontecendo por todo o bairro. Os homenageados desta edição são o escritor Ferreira Gullar e o ilustrador Roger Mello.

No site do evento – ceat.org.br/flist dá pra conferir tudo o que vai rolar nestes dois dias.

Além da programação literária, com palestras, mesas-redondas, participação de editoras e atividades para crianças, haverá exibição de filmes, apresentações musicais, exposições e a feira da Junta Local, com produtores conscientes e alimentos orgânicos.

A programação da Flist é toda gratuita!

Os restaurantes do bairro também estão participando. Ou seja, motivos não faltam para passear por Santa este final de semana! ❤

Rio do Graça em exposição no Flamengo

Uma boa programação para o feriado: o Arte Sesc, no Flamengo, está com uma exposição gratuita sobre a vida, a obra e a relação do cronista, escritor, jornalista e político Graciliano Ramos.

Na exposição, o que mais chama a atenção é a interação com os textos do Graça (nota da editora: não é piadinha com o nome do site, este era o apelido dele ❤ ). Pode-se ouvir trechos de livros, uma entrevista com sua filha, Luiza, conhecer seus livros e ainda levar trechos de crônicas para casa!

Tudo muito sensível, mas sem deixar de ser crítico, assim como foi Graciliano. Há espaços para pegar um livro e ler sem pressa trechos de crônicas e entrevistas, apreciar fotos e momentos da vida do escritor.

“O cronista Graciliano” fica no Arte Sesc até o dia 19/4.

Grátis! E aberto diariamente!

O Arte Sesc fica na Rua Marquês de Abrantes, 99 – Flamengo.

Na nossa página no Facebook, algumas fotos da exposição. 🙂

Debate literário com Flávia Lins e Silva na Barra

A Sala de leitura da Cidade das Artes abre as portas para um debate com a escritora e roteirista Flávia Lins e Silva, nesta quarta-feira, 18/3, às 15h.

Flávia é escritora infanto-juvenil e já publicou mais de 15 livros, entre eles a série Diário de Pilar, cujos direitos foram vendidos para Argentina, México, Alemanha, Polônia, China e França. Roteirista de cinema e televisão, a autora também criou o seriado Detetives do Prédio Azul, para o canal infantil Gloob.

O encontro é gratuito! 🙂

A Cidade das Artes fica na Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca.

– Como chegar de ônibus – Desembarque no Terminal Alvorada e passe pela passagem subterrânea que sairá dentro da Cidade das Artes.

Dia da mulher: livros femininos em promoção

A editora Boitempo preparou uma promoção para o Dia da Mulher: todos os seus livros escritos por autoras mulheres e de temática feminista estão com desconto!

São dezenas de leituras para contribuir às lutas pelos direitos das mulheres e por uma sociedade igualitária.

A promoção vai até o dia 9/3 e os descontos são para compras no site da Boitempo.

Clique aqui para conferir a lista completa dos livros.

(Nota da editora: encontrei um livro que estava precisando muito, e com um descontinho bacana! Vale conferir a lista!)

Blog da Boitempo também conta ao longo da semana, com reflexões especiais sobre a tema, assinadas por nomes como Maria Rita Kehl, Maria Lygia Quartim de Moraes, Lincoln Secco, Flávia Biroli e Luis Felipe Miguel, Urariano Mota, entre outros.

Um bom sebo no Centro do Rio

Quem gosta de garimpar raridades ou mesmo comprar livros em conta, precisa conhecer a Le Bouquiniste Livraria, no Centro.

Entre as dezenas de livrarias deste tipo presentes na região, o sebo chama a atenção por ser muito barato. O material disponível lá é bom, variado e custa uma pechincha. Há livros até por um real! E em vários idiomas!10955158_922437867780154_790874527_o

(Nota da editora: se você é como eu, que não perde uma promoção e adora comprar livros, cuidado! Você certamente vai enlouquecer com menos de 20 reais, e voltará para casa com a sacola cheia!)

Há romances, livros históricos, didáticos, de arte, infantis, publicações internacionais e revistas, além de CDs e DVDs. E dentro disso, publicações novas e usadas, algumas em ótimo estado de conservação, outras mais velhinhas. Todas com um precinho aprovado pelo Rio de Graça.

10999195_922439724446635_1285308453_o

Eles não têm site, mas dá para reservar e pesquisar títulos por email ou telefone: (21) 2252-3247 / 2232-9234.

E os funcionários são legais e prestativos. 🙂

11005601_926557037368237_797015110_n

(Nota da editora 2: na minha sacola entraram um livro sobre direito feminino por R$5, um romance em inglês por R$1, uma National Geographic por R$1 e uma publicação especial da Newsweek, importada, sobre os Beatles, por R$1. Total da alegria: R$8!)

Conhece algum sebo barato pela cidade? Compartilha com a gente. É sempre bom divulgar essas iniciativas!

A Le Bouquiniste fica na Rua Visconde do Rio Branco, 28 – Centro. 

Primavera dos Livros no Catete

Começou ontem (30/10) a Primavera dos Livros 2014 no Catete!

Até domingo (2/11) estarão nos jardins do Museu da República editoras independentes de todos o país, trazendo para o Rio mais de 15 mil títulos literários, lançamentos, maiores sucessos e descontos de até 50%! Além disso, o evento conta com palestras, atividades recreativas, lançamentos de livros com presença dos autores, entre outras ações especiais e interativas.

Confira a programação na página oficial do evento no Facebook.

A Primavera dos Livros tem entrada frança ❤ e acontece das 10h às 21h no Museu da República (Palácio do Catete) – Rua do Catete, 153 – Catete (com entrada também pela Praia do Flamengo).

primavera_dos_livros

Palestras gratuitas na ABL

A Academia Brasileira de Letras promove em julho o 5º Ciclo de Conferências “Os poetas pelos poetas”. Nesta edição serão debatidos os autores Emily Dickinson, Manuel de Barros e Shakespeare.

Todos os encontros são gratuitos 🙂

Confira a programação:

01/7 – Acadêmico Carlos Nejar: “A épica do instante e a infância do futuro”
15/7 – Paulo Henriques Britto : “A poesia sintética de Emily Dickinson”
22/7 – Alberto Pucheu: “Manoel de  Barros: em que acreditar senão no riso?”
29/7 – Geraldo Carneiro : “Shakespeare: o poeta e a máscara”
A conferência será na sede da ABL: Av. Presidente Wilson 203, Castelo (Centro).

Gonçalo M. Tavares na UNIRIO

Hoje, sexta-feira, acontece na UNIRIO a conferência “Imaginação Crítica” com o escritor português Gonçalo M. Tavares e mediação da poeta e professora Julia Studart. O evento é organizado pela Escola de Letras da Universidade.

Gonçalo nasceu em 1970, publicou diversos livros e recebeu prêmios importantes como o “José Saramago” e o “Portugal Telecom”. Ainda assim, podemos indicar Gonçalo somente pelo livro que tivemos o prazer de conhecer: “O homem ou é tonto ou é mulher”. Irônico, amoroso, doce e cruel. Versos para serem lidos, relidos, memorizados, fotografados, lidos para dentro (ele ensina), em voz alta, para outros.

Um dos poemas presentes no livro "O homem ou é tonto ou é mulher"
Um dos poemas presentes no livro “O homem ou é tonto ou é mulher”

 

Entre um de seus mais bonitos poemas, o de número 09.
Eis um trecho:

“Quando ela dorme parece que todo o quarto dorme.
É como se a própria cama dormisse.
É como se os móveis e os lençóis dormissem.
As paredes dormem.
As portas dormem.
As janelas dormem. Tudo dorme.
Por isso é que eu gosto tanto dela.
Gosto de olhar as coisas quando elas dormem.”

A conferência será às 18h, no auditório grande do CCET da UNIRIO – Avenida Pasteur, 458, Urca.

Entrada franca e aberta ao público!
Tem tudo para ser um grande encontro!

um dos poemas do escritor português
Escritos do escritor português

Outras informações no evento do facebook.
E conheça mais sobre o autor no Blog Gonçalo M Tavares