Cinema grátis no Centro

Hoje rola mais uma sessão de cinema grátis no Curto Café, no Centro.

O filmes escolhido é “Buena Vista Social Club”, documentário musical de 1999 sobre a gravação lendária do disco de mesmo nome, feita com artistas cubanos, na ilha de Fidel.

A exibição rola às 17h. Só chegar, tomar um café e aproveitar o fim de tarde. 🙂

O Curto Café fica na Av. Erasmo Braga 278, Sobreloja – Quiosque 47 (Terminal Menezes Cortes – Edificio Garagem) – Centro.

Anúncios

Sessão de cinema grátis no Centro

Quem estiver pelo Centro agora à tarde pode conferir uma sessão de cinema gratuita no Curto Café!

Numa parceria com a Esfiha do Barba, eles vão exibir o filme “Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Virtual”. A produção argentina trata das relações virtuais e reais na Buenos Aires dos dias de hoje (mas que também poderia ser em qualquer cidade).

O encontro rola às 16h. Só chegar e se acomodar.

E ainda rola um cafézinho e umas comidinhas baratas e deliciosas ❤

O Curto Café fica na Av. Erasmo Braga 278, Sobreloja – Quiosque 47 (Terminal Menezes Cortes – Edificio Garagem) – Centro.

medianeras

Um café democrático no centro da cidade

Uma seleção de cafés de qualidade e uma nova ideia de gestão: assim é o Curto Café, um espaço democrático onde o cliente é quem escolhe quanto vale o que consome.

Os quatro sócios estão sempre por lá, explicando como funciona o local e preparando os cafés deliciosos
Os sócios estão sempre por lá, explicando como funciona o local e preparando os cafés

A ideia dos quatro jovens sócios da cafeteria é que ela seja gerida de forma transparente – os custos e lucros mensais ficam descritos num quadro negro na parede -, assim, seus frequentadores sabem o total que ela precisa obter para funcionar. O preço de custo dos cafés vendidos também está no quadro (o expresso é R$0,50, e o capuccino, R$1,00), mas o valor final a ser pago quem decide é o cliente, a partir destes mínimos.

No quadro, os custos do empreendimento e o quanto já foi lucrado no mês
No quadro, os custos do empreendimento e o quanto já foi lucrado no mês

Até a hora do pagamento é feita de forma original: não há caixa.  Uma caixinha com fichas de poker fica em cima do balcão. Você coloca uma no espaço do café que consumiu e o dinheiro em outra caixa. Ao final do dia, os meninos calculam as vendas por ali. Há também a opção de se inscrever no programa da casa, fazendo uma espécie de poupança, contribuindo com uma quantia maior que pode ser usada como crédito em dias diferentes – boa alternativa para os clientes cativos.

A atmosfera agradável do espaço deixa o café ainda mais gostoso
A atmosfera agradável do espaço deixa o café ainda mais gostoso

Contando assim, parece complexo, mas o Curto Café tem uma atmosfera agradável e calorosa. É como se os sócios abrissem a casa deles para a gente provar os cafés que fabricam, conversar, ler um livro, usar a internet (o wifi é liberado) ou simplesmente passar o tempo. O espaço é aberto, e há cadeiras, mesas e pufes. Mesmo com essa dinâmica livre, as contas fecham no final do mês, e assim o Curto Café já funciona no modo “democrático” há 11 meses.

Para quem quiser relaxar, há também livros e wifi liberado
Para quem quiser relaxar, há também livros e wifi liberado

Além dos cafés, também são vendidos grãos moídos na hora. Toda a matéria-prima vem de um cultivo no Espírito Santo. Vale a pena conhecer um espaço tão interessante, que concilia comércio, lucro e prestação de serviço de forma justa. Ah, e o café é delicioso!

No quadro, a descrição dos produtos vendidos na casa
No quadro, a descrição dos produtos vendidos na casa

O Curto Café fica na sobreloja do Terminal Menezes Cortes – Rua São José, 35, Centro.
E funciona de segunda a sexta, das 10h30 às 18h.