O amor fora do armário no CCJF

Em cartaz até 28 de janeiro de 2018, a exposição de fotos Minha Família Fora do Armário traz para a galeria do Centro Cultural Justiça Federal o cotidiano de 10 famílias cariocas homotransparentais, ou seja, famílias formadas por pessoas lésbicas, gays, bissexuais e trans. 🌈

ccjf_minhafamiliaforadoarmario03
Aline e as idealizadoras do evento

Diante de um cenário de muita intolerância e censura na sociedade brasileira, iniciativas como essa são fundamentais. É urgente e necessário o debate sobre as vidas e os direitos civis das pessoas LGBTQ’s. E, nada melhor para dissipar possíveis preconceitos – geralmente carregados de pré-conceitos -, do que conhecer, se aproximar, e perceber que essas famílias são como todas as outras na vivência de seus dias.

 

Renata Ferrer e Tata Barreto são as fotógrafas idealizadoras dessa mostra. Ambas compõem a Gataria Photography que, desde 2015, desenvolve um trabalho importante de visibilidade positiva para LGBTQ’s. Além das fotografias, o trabalho se desdobra em um curta documentário de 13 minutos, com jovens contando sobre o cotidiano de suas famílias.

ccjf_minhafamiliaforadoarmario01
A mostra está na capa da programação do CCJF! ❤

Sensível, tocante e esclarecedor. Não perca!

– –

Minha Família Fora do Armário
Onde: Centro Cultural Justiça Federal – Avenida Rio Branco, 241 – Centro
Quando: 30/11/2017 à 28/01/2018 de 12:00 às 19:00, no Gabinete de Fotografia
Quanto: Entrada gratuita

 

Anúncios

Mostra de filmes sobre maconha no CCJF

O Centro Cultural Justiça Federal está com uma mostra de filmes e debates sobre maconha. O objetivo é discutir a questão da descriminalização e legalização das drogas no Brasil e no mundo.

Após as últimas sessões, haverá debates com ativistas, pesquisadores, juristas, políticos e diretores dos filmes brasileiros programados para a mostra.

Os debates são gratuitos 🙂 e as sessões dos filmes custam R$10 (meia R$5).

Confira a programação:

26/7 – Sábado
15h – “Cheech Chong Queimando Tudo”, comédia ,USA, 1978, 86min, de Lou Adler
17h15 – “Cortina de Fumaça”, doc. Brasil, 2009, 94 min, de Rodrigo Mac Niven
19h – Debate: “Maconha: droga e remédio”

27/7 – Domingo
15h – “Quart4B”, ficção, BR, 2005/2008, 92min, de Marcelo Galvão
17h15 – “Bicho de Sete Cabeças”, ficção, Brasil, 2000, 80min, de Laís Bodanzky e o curta “Ilegal”, doc., BR, 2013, 22 min, de Raphael Erichsen e Tarso Araujo.
19h – Debate: “A maconha no cinema”

 

A intimidade do banho em exposição no CCJF

A fotógrafa e atriz Anna Clara Carvalho decidiu clicar dez pessoas no chuveiro após observar, em um banheiro de hotel, seu próprio banho no espelho.

box03
Box fica em exposição no CCJF até 8 de junho

Despidas de roupas e pré-conceitos, homens e mulheres entram no box e revelam sua intimidade para as lentes de Anna Clara, e para nossos olhos. As fotografias sugerem espontaneidade e movimento. Posam com naturalidade? Evitam uma naturalidade forçada? Não sabemos, e talvez nem seja preciso.

Discutindo a margem cada vez mais porosa entre público e privado, o resultado são fotos lindíssimas, em preto e branco, que comportam uma sala do CCJF. Para cada banho, uma grande foto e outras menores. Ao fundo, o som da água corrente complementa a ambientalização.

box02
Anna Clara fotografou 10 pessoas tomando banho para realizar a exposição BOX

Entrada Gratuita! \o/

Amanhã, 28/05, tem visita guiada com a fotógrafa às 18h.
Saiba mais sobre os trabalhos da artista em seu site www.annaclaracarvalho.com

BOX fica exposta até 8/6, no CCJF – Av. Rio Branco, 241, Cinelândia.
Aberto de terça a domingo, das 12h às 19h.