Confeitaria Colombo no CCBB: o point mais gostoso do Centro do Rio

Eu amo a Confeitaria Colombo e sou apaixonada pelo CCBB Rio de Janeiro. E, pra completar, adoro uma promoção. Juntei todos esses amores e fui conhecer a Colombo que abriu esse mês no Centro Cultural. Fica no 3° andar, onde funcionava antigamente um outro café.

22859794_1563030793784359_4520785620423161632_o
Oh, o espaço está maravilhoso! Bom atendimento, aquelas delícias consagradas da confeitaria e, claro, o capuccino mais gostoso do mundo! Falei tanto dele que todas as minhas amigas pediram, e amaram! É o “Capuccino Colombo”, mas diga “capuccino da Babi”, porque depois de tanta propaganda gratuita, mereço essa homenagem, né? 

Ah, e a promoção? Pois bem, quem pagar com cartão do Branco do Brasil – cartão Ourocard débito ou crédito – ganha 20% de desconto!

22861401_1563030903784348_5978100959877407570_o
E ainda ganhamos um brinde mara, não vou contar pra deixar a surpresa no ar. 😉
Enfim, um passeio que não tem como dar errado!

CCBB Rio de Janeiro e a Confeitaria Colombo abrem de quarta a segunda-feira (só fica fechado terça) das 9h às 21h.

Meu programa cultural preferido no Rio. ❤️

Anúncios

Yes, nós temos a melhor moda praia do mundo! Exposição no CCBB narra a história do biquíni no Brasil

* Mais uma super colaboração da antenadíssima Cinthia Saito, que sempre traz as dicas mais hypes da cidade 😉

Fui ao CCBB RJ com a expectativa de encontrar uma boa retrospectiva dos 70 anos do biquíni. Mas, para o meu espanto (e êxtase!), vi uma verdadeira pesquisa etnográfica tendo como pano de fundo a história dessa peça.

Claro, não há como não abordar o assunto “corpo” quando se fala na peça que passou a mostrar o umbigo, em épocas em que os trajes de banho quase não deixavam as pernocas aparentes…

A curadoria de Lilian Pacce foi excepcional e nao deixou escapar nenhum detalhe. Foi das über models, que marcaram época, como Gisele e Shirley Mallmann, passando pela criação de estampas e texturas memoráveis de marcas brasileiras como Lenny Niemeyer, Rosa Chá, Salinas, Adriana Degreas, e sem esquecer, lógico, das atuais fitas isolantes que dão marquinha. 😎

Biquini_no_ccbb01

Outro ponto alto da exposição são peças da cultura indígena, antigas, bem feitas, trabalhadas milímetro a milímetro. Me encantei também com as fotos de corpos e cores belíssimos.

Você também pode conferir também itens da moda praia que não são comumente vendidos em lojas. São peças de desfiles, únicas, poderosas, como o maiô de couro de pirarucu da Osklen. Maravilhoso! Bafônico! Polêmico! Mas também não-sustentável, claro.

Ou seja: está incrível, queridas(os) leitoras(es), é uma exposição que dá orgulho de ver a contribuição do Brasil nesse ramo. (Sentimento raro nos dias de hoje…) Vale a pena conferir! Vai até 10 de julho, das 9h às 21h. Só fecha às terças.

Obs.: Só deu uma dorzinha no peito ver o café do terceiro andar fechado. Dizem que foi a crise. 😕

Texto e fotos: Cinthia Saito. 

– – –
Yes, nós temos biquíni
Onde: CCBB RJ – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro (Praça XV/Candelária)
Quanto: Entrada gratuita
Quando: até 10/7, das 9h às 21h. Não abre às terças-feiras.

CCBB faz série de shows e festas de madrugada no Centro

Até fevereiro, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB RJ) promove uma série de festas, shows e intervenções artísticas no seu pátio externo. As apresentações acontecem uma vez por mês e rolam por toda a madrugada!

As entradas são gratuitas, por ordem de chegada, e há venda de bebida e comida no local. O “Madrugada no Centro” acontece sempre sábado, das 22h às 4h.

festa-odara_foto-felipe-prado1
Foto: Sinclair Ferreira Maia

Confira quem vai tocar nas próximas edições!

Dezembro – 17/12
DIVERSIDADES: 
Lineker e banda, com participação especial de Alice Caymmi + Festa Odara

O cantor e multiartista Lineker (não confundir com o Liniker, também mara) apresenta ao público o show de seu mais recente álbum. Acompanhado de sua banda, o artista flerta de forma intensa com o pop experimental contemporâneo e a nova MPB, e ainda traz para o palco toda sua bagagem de bailarino e performer, em um espetáculo intenso, performático e visceral. A participação especial ficará por conta de Alice Caymmi, terceira geração da família Caymmi. Seu recente disco, Rainha dos raios, é uma descarga eletrizante de criatividade no universo pop.

Festa Odara: música brasileira da melhor qualidade, o repertório vai de Caetano Veloso, Os Mutantes, Zé Keti, Luiz Gonzaga, Rita Lee, Raul Seixas a Bonde do Rolê, Robertinho do Recife, Wando, Reginaldo Rossi, entre outros.

– –
Madrugada no Centro
Onde: área externa do CCBB RJ – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Quando: todo mês, até fevereiro de 2017
Quanto: entrada gratuita, por ordem de chegada (800 lugares)

– –
Para aproveitar melhor os eventos, a gente sempre sugere deixar o carro em casa. A Cabify é uma empresa de tecnologia que conecta quem quer se movimentar pela cidade com estilo e segurança a um motorista particular que te leva a qualquer lugar!

Baixe o app (para iOS e Android) e com o voucher “RIODEGRACA”, você ganha a primeira corrida gratuita de até R$20! Leia aqui como foi nossa experiência com a Cabify.

Dia de maldade no CCBB

Até o dia 25/7 acontece no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB RJ), a mostra “A vilania no cinema brasileiro”, exibindo os melhores vilões do nosso cinema.Trata-se de um painel que expõe formas diversas de vilania, algumas não tão óbvias, mas todas presentes na realidade cotidiana brasileira.

A maldade se apresenta em duas sessões diárias, com ingressos a R$10 / R$5 (meia).

cidade-de-deus-4
Cena do filme Cidade de Deus, que será exibido no di24/7

Confira a programação completa:

21/7
17h: Porto das Caxias – 18 anos
19h: Ato de Violência – 18 anos

22/7
17h: Girimunho – 10 anos
19h: Cidade Oculta – 16 anos

23/7
15h: Baixio das Bestas – 18 anos
16h30: O Som ao Redor – 16 anos
19h: O Anjo da Noite – 18 anos

24/7
15h: O Matador Profissional – 18 anos
16h45: A Navalha na Carne – 18 anos
18h30: Cidade de Deus – 16 anos
25/7
17h: Cidadão Boilesen – 12 anos
19h: Os Inconfidentes – 12 anos

Informações sobre cada filme aqui.

O CCBB RJ fica na Rua Primeiro de Março, 66 – Centro.

Especial Dia dos Namorados: o que fazer no Rio (gastando pouco!)

Confira nossas dicas para aproveitar o final de semana do amor no Rio, mas sem gastar muito! Tem programação para casal cult, romântico, fitness, preguiçoso, ativo, viajandão… toda a forma de amor!

– Cinema
O Centro Cultural Banco do Brasil do Rio (CCBB RJ) está com uma programação especial em comemoração ao Dia dos Namorados, no domingo (12/6): uma tarde de cinema, só com filmes de amor! E também surpresas que complementam o clima romântico das exibições que serão apresentadas. Confira a programação aqui.
Rua Primeiro de Março, 66 – Centro.

CCBB-Dia-dos-Namorados_Livreto

– Passeio de bicicleta
Com R$5 você aluga uma bike do Itaú e pode passear por toda a cidade, o passe vale para todo o dia. Saiba mais no site do projeto.

– Trilhas cariocas
Quem curte conhecer as trilhas do Rio, pode procurar informações e companhia do grupo Trilhas Gratuitas RJ, no Facebook.
Começar o Dia dos Namorados no Alto dos Dois Irmãos  é uma ótima pedida!

– Bazar
O coletivo Casa Amarela abre suas portas no próximo sábado (11/06), das 10h às 20h, com o “Casa Aberta”: dia em que todos os ateliês/estúdios que fazem parte do coworking expõem seus trabalhos. E com descontos de até 70%!
Rua Babilônia 18A –Tijuca.

SONY DSC

– Yoga do amor
Para os casais que curtem uma vibe mais tranquila, comemorando o Dia Internacional da Yoga, a Arte de Viver está com programação para a Tijuca no sábado (11/6) e em Ipanema no domingo (12/6). Confira aqui!

Ipanema 1bx 05.06.2016 - crédito Gava Muzer

– Especial Caio Fernando Abreu
O Sesc Copacabana está com uma programação super bacana dedicada ao jornalista, escritor. Tem teatro, cinema, debates, exposição… Confira aqui os horários de cada atração.
Rua Domingos Ferreira, 10 – Copacabana

caiofernando

Parque Lage
Com entrada gratuita, o parque é um boa opção para casais românticos, que podem fazer um piquenique (o local tem espaço e permite a entrada de alimentos). Quem curte natureza também pode fazer uma trilha por lá.
A parte da Escola de Artes Visuais conta com videoteca aberta para visitantes e exposições.
Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico

parque_lage02

– Pra comer
Conhece o Pavão Azul, em Copacabana? Tradicional comida de buteco a preços muito convidativos, especialmente para a zona sul. Leia aqui a resenha que fizemos sobre ele.

pavaoazul01

Pra passear
Que tal se sentir viajando sem pagar caro pra isso? A Ilha de Paquetá fica a menos de 1h do Rio, é um bairro lindo (sim, não é outra cidade, faz parte do Rio!), bucólico, sem carros e cheio de lugares legais para serem vistos, restaurantes e até passeio de charrete.
Lá só se chega de barca, que sai da Praça XV e custa R$5. Confira os horários de saída aqui.

Especial Dia dos Namorados: cinema temático no CCBB

O Centro Cultural Banco do Brasil do Rio (CCBB RJ) está com uma programação especial em comemoração ao Dia dos Namorados, no domingo (12/6): uma tarde de cinema, só com filmes de amor! E também surpresas que complementam o clima romântico das exibições que serão apresentadas.

CCBB-Dia-dos-Namorados_Livreto

Quem for correntista do Banco do Brasil ainda ganha pipoca gourmet!

Os ingressos custam R$4 (R$2 meia) e serão vendidos 1h antes de cada sessão, na bilheteria.

Confira a programação:

15h – Lisbela e o Prisioneiro
Classificação indicativa: Livre
17h – Shakespeare Apaixonado
Classificação indicativa: 14 anos
19h – A Rosa Púrpura do Cairo
Classificação indicativa: 12 anos

O CCBB fica na Rua Primeiro de Março, 66 – Centro

Castelo RÁ-TIM-BUM no Rio: dicas para conferir a exposição sem filas

Invadimos o Castelo! 🙂

Fomos conferir a exposição mais falada e esperada do ano: Castelo Rá-TIM-BUM no CCBB do Rio!

Separamos algumas dicas preciosas para quem não quer mofar na fila e, de quebra, instigamos a curiosidade de quem não vê a hora de reencontrar Zeca, Nino, Pedro e Biba.

Ah, as informações abaixo podem conter alguns spoilers (nota da editora: contar uma parte da exposição sobre algo que já aconteceu, seria spoiler?) 

A exposição comemora os 20 anos da estréia da série da TV Cultura, recriando e apresentando cenários, fotos, figurinos dos personagens e objetos de cena do programa exibido de maio de 1994 a dezembro de 1997.

“Castelo Rá-TIM-BUM: a exposição” fica no CCBB RJ até 11/01/2016, de quarta a domingo, das 9h às 20h30.

De graça! ❤ ❤

(Para quem não aguenta esperar, confira aqui fotos da exposição)

Agora vamos para as dicas:

  • Chegue cedo!

Todo mundo pensa em ir no mesmo horário, ao final do dia e nos finais de semana. Aí formam aquelas filas intermináveis, e o pior, não dá para conferir os detalhes da exposição. Por isso, quanto mais cedo, mais vazio. Tente ir antes da aula ou do trabalho, ou no horário de almoço, se estiver pelo Centro.

Fomos em uma segunda-feira, às 9h e tinham apenas TRÊS pessoas, sem agendamento, com tempo e espaço para fazer todas as selfies que desse vontade. 😉

  • Faça agendamento online

Se você não tem tempo para ir nos horários “alternativos” que citamos acima, uma boa opção é agendar sua visita pelo site do Ingresso Rápido ou no aplicativo (na App Store e Google Play). Funciona assim:

>> Baixe o aplicativo. Após o cadastro, basta fazer login, selecionar a mostra Castelo Rá-Tim-Bum – A Exposição e reservar o ingresso. Depois, quando chegar ao CCBB, ir em “Meus Ingressos” no próprio aplicativo e apresentar o QR Code ao monitor para receber a senha que dá acesso à visita.

>> O agendamento também poderá ser realizado pelo site www.ingressorapido.com.br. Na aba Agenda Rio de Janeiro, procurar o evento Castelo Rá-Tim-Bum – A Exposição. Nesse caso os usuários precisarão trazer o ingresso impresso.

O agendamentos serão de hora em hora: 09h30, 10h30, 11h30, 12h30, 13h30, 14h30, 15h30, 16h30, 17h30, 18h30, 19h30 (último horário). Cada CPF poderá fazer 1 agendamento por dia e cada 1 CPF pode levar até 3 acompanhantes.

  • O CCBB abre segunda

Uma grande sacada do Centro Cultural é abrir às segundas-feiras, dia em que, normalmente, os museus estão fechados. Por isso, muitas pessoas esquecem que o CCBB tem esse dia disponível, o que deixa as exposições menos cheias. Um bom programa para começar a semana bem cultural, não? 😉

  • Evite bolsas grandes

Mochilas não entram e, apesar do espaço contar com guarda-volumes, não há espaço para guardar os pertences de todo mundo. Prefira ir com bolsas pequenas, ou guarde a mochila assim que chegar ao espaço.

  • Vá com tempo para olhar tudo

Além de recriar os cenários e figurinos, há uma parte da exposição com vídeos de entrevistas com os atores e produtores da série. Eles/elas contam muitas curiosidades das gravações, vale a pena gastar um tempo para assistir tudo.

  • Relembre a infância e seja feliz! 

Há tanta coisa para lembrar: ratinho tomando banho, Caipora, Etevaldo, Mau, Porteiro, passarinhos cantores… A exposição retrata fielmente cada pedacinho do Castelo. Aproveite para relembrar seus/suas personagens preferidos/as desta série que marcou a infância de muita gente!

Nota da editora: Ano passado fui conferir esta mesma exposição no MIS (Museu da Imagem e do Som), em São Paulo. A produção original foi feita por eles, então alguns espaços não ficaram tão legais no CCBB RJ como ficaram no MIS. Em Sampa a gente podia entrar no quarto do Nino pela parede giratória (!!!), por exemplo. E havia mais atrações interativas. Mas nada que tire o brilho e a alegria que receber Tio Victor, Morgana, Nino e cia em terras cariocas. 😉