#Rio2016 Roteiro Casas dos Países na Paralimpíada

Acabou o milho, acabou a pipoca? Ainda não! Embora a Olimpíada tenha acabado, deixando na gente uma saudade danada desse clima carnaolímpico, a Paralimpíada vem aí, com ingressos bem mais em conta para assistir as partidas (confira aqui) e uma boa programação cultural para a cidade.

Sim, o fervo principal acabou, mas ainda tem muita coisa bacana para acontecer durante os Jogos Paralímpicos (7 a 18/9). Dentre elas, vale visitar algumas das Casas dos Países que continuarão abertas durante o período.

Confira nossa lista, monte sua programação e aproveite!
* Veja aqui o roteiro completo que montamos com as atrações imperdíveis de cada casa.

casa_suica
Foto: Divulgação

Baixo Suíça
Onde: Campo de beisebol, Lagoa Rodrigo de Freitas (perto do Corte do Cantagalo).
Quando: Até 7/9 funciona de quarta a sexta (17h às 23h) e sábado e domingo (11h às 23h), mas sem as atrações da Switzerland Tourism. Durante os Jogos Paralímpicos volta com funcionamento diário e todas as atrações (11h às 23h). Mais informações aqui.
Quanto: entrada gratuita

Casa-Alemanha
Foto: Divulgação

Casa da Alemanha – OliOle
Onde: Praia do Leblon (Posto 11).
Quando: 26, 27, 28/8 (11h às 18h). Volta nas Paralimpíadas, a partir do dia 7/9 (excepcionalmente), com funcionamento de quinta a domingo (14h30 às 21h30). Saiba mais aqui.
Quanto: entrada gratuita

 

Casa_Coreia
Foto: Rio de Graça

Casa PyeongChang – Coreia do Sul
Onde:
Praia do Leme
Quando: Volta a funcionar de 7 a 18/9 (ainda sem horário confirmado). Veja aqui informações sobre as atrações da casa.
Quanto: entrada gratuita

IMG_6786
Foto: Rio de Graça

British House
Onde: A morada do Reino Unido sai do Parque Lage e vai para a Barra: Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1300 (Shopping Metropolitano)
Quando: 7 a 18/9
Quanto: entrada gratuita, mas precisa se inscrever no site oficial


Casa do Japão
Onde:
Cidade das Artes – Barra 
Quando:
7 a 18/9, 12h às 20h (dia 17/9 apenas convidados)
Quanto: 
entrada gratuita

Extra: Tokyo Caravan 
Reúne projetos desenvolvidos por japoneses, como o artista Katsuhiko Hibino e o dramaturgo Hideki Noda.
Onde: Paço Imperial – Praça XV (Centro)
Quando: até 7 de setembro, 12h às 19h (fecha às segundas)
Quanto: entrada gratuita

Casa-Colombia
Foto: Divulgação

Casa Colômbia
Onde: Centro Cultural do Ministério da Saúde – Praça XV
Quando: 5 a 18/9 – 10h às 20h
Quanto: entrada gratuita


Casa Brasil
Onde: 
Pier Mauá – Zona Portuária
Quando:
diariamente até 18/9 10h às 20h
Quanto: 
entrada gratuita

 

Casa_Mexico
Foto: Rio de Graça

Casa México
Onde: Museu Histórico Nacional – Centro
Quando: até 15/9 – 10h às 17h30
Quanto: entrada gratuita, exposições R$ 8 (inteira)

Com informações do site da Rio 2016.

*Sempre lembrando que o Rio de Graça é um blog independente, sem qualquer ligação com a Rio 2016 ou as Casas dos Países (nenhum publipost, nadinha rsrs). As informações passadas aqui estão disponíveis nos veículos oficiais do evento. Para mais informações, dúvidas, reclamações, sugestões, dificuldade para compra de ingresso, etc, entre em contato diretamente com cada local. A gente ajuda no que pode, mas não temos responsabilidade por mudanças na programação, filas, preços e atendimento prestado por eles. 😉

Anúncios

#Rio2016 Casa da Áustria, fervo europeu com energia e animação carioca

Uma das Casas dos Países que está bombando nesta edição dos Jogos Olímpicos é a da Áustria! Com entrada gratuita e um esquema mais “arrumadinho” que as concorrentes europeias que se instalaram na praia, a Austria House está atraindo milhares de turistas e cariocas para suas dependências.

14009959_10209652885696823_2056691922_n

Manu Fiala, 23 anos, carioca e seguidora do Rio de Graça, passou por lá, se divertiu horrores e conta tudo para a gente no depoimento abaixo. Confira:

“No início pensei ‘putz, que merda vou mofar nessa fila gigantesca’. Fiquei 40 minutos na fila mas valeu cada segundo. Lá dentro estava fantástico.Fui das músicas eletrônicas ao sertanejo com uma galera cheia de energia, animada e insana.
A casa estava cheia mas não estava nada apertado. As pessoas ficavam em pé em cima das mesas pulando ao som da música e da animação do DJ, que deve ter se sentido o David Guetta da noite. Até selfie dele com a galera rolou no final.
Bebidas? Só tem um tipo de cerveja, vinho branco e o Hugo (uma espécie de drink que mistura espumante, hortelã e um xarope dos deuses).
Para as solteiras tem vários gringos bem bonitos ~leia-se gatos~, para as casadas vale a pena o olhar haha.
Sério, nessas Olimpíadas o que não pode faltar é sua visita a casa da Áustria. Vai lá! Dica forte pra não se arrepender depois!”

Nossa correspondente não soube dizer sobre as comidas oferecidas  motivos de “estava ocupada dançando”. 😀

14001670_10209652884176785_1964338410_o

– –
+ Casa da Áustria
Onde: Clube do Botafogo – Botafogo
Quando: 4 a 21/8 – 10h às 23h (às vezes fica um pouco mais)
Quanto: entrada gratuita

Fotos: Manoela Fiala.

#Rio2016 O Catar é aqui! Fomos conhecer a Bayt Qatar, o exclusivo espaço do país para esta Olimpíada

Decoração temática, menu preparado por Alex Atala, atrações típicas, desfile de moda, cinema e entrada somente com cadastro prévio. Com todas essas credenciais, a Bayt Qatar já virou o espaço mais exclusivo e comentado dentre as Casas dos Países desta Olimpíada. Mas será que é isso tudo mesmo? Vale a pena insistir nas inscrições online? Ainda tem ingressos disponíveis?

Pois bem, com tantas perguntas no ar, lá fui eu descobrir como funciona a misteriosa Casa do Qatar… antes de contar tudo o que rola por lá, já adianto que, sim, o espaço é sen-sa-ci-o-nal!

IMG_6546
Sintam a magia qtari… 

Conhecendo o Qatar

Sabemos bastante sobre França, Alemanha, Portugal e outros países europeus, mas pouco sobre o restante das nações que estão por aqui. Então, antes de mais nada, alguns dados geográficos: O Qatar (ou Catar, em português) é uma península localizada na costa ocidental do Golfo Pérsico, no Oriente Médio. Lá vivem cerca de 2.5 milhões de pessoas. Sua capital é Doha e o árabe a língua oficial.

Quem comanda o país é o emir Tamim bin Hamad bin Khalifa Al Thani, que sucedeu seu pai (emir é a palavra árabe para “comandante”, é um título de nobreza equivalente ao nosso “príncipe”). Em 70 anos, o Qatar saiu da posição de um dos países mais pobres do Golfo para se tornar uma potência mundial. A próxima Copa do Mundo, em 2022, vai ser lá.

Conhecendo a Bayt Qatar

Para mostrar toda a grandiosidade do país, sua cultura, costumes e também fazer aquela propaganda do que nos espera na Copa, o Qatar não mediu esforços (e grana) para transformar a Casa Daros em uma autêntica bayt qtari (bayt é “casa”, em árabe).

Para começar, exclusividade: só entra comprando ingresso antecipado no site Bayt Qatar. A entrada custa R$20 e a renda vai para a ong brasileira “Projeto Futuro Olímpico”, que promove o atletismo nas escolas públicas do Rio.

IMG_6529

Sim, os ingressos estão esgotados. Mas ainda há uma chance: foram abertas mais 100 vagas diárias (além das 500 já disponibilizadas). Tem que insistir no site, porque não há nenhuma chance de entrar no local sem a inscrição prévia (quando estava por lá, vi algumas pessoas tentando, mas foram gentilmente barrados).

O pátio da Casa Daros se transformou em souq, como são chamados os mercados qtaris. Tem poltronas, tapetes, fonte, palco e telão onde ocorrem palestras, workshops e shows. As atrações mudam a cada dia, confira a programação completa aqui.

Mas vamos falar de coisa boa, vamos falar de brindes! 🙂

IMG_6526

No souq você pode fazer tatuagem de henna (estilo Jade em “O Clone”, coisa mais linda!), levar para casa seu nome em árabe, se vestir com roupas típicas e provar comidinhas desenvolvidas pelo chef Alex Atala, com ingredientes do país. Sim, adianto que há fila para tudo então trabalhem a paciência. Meu espírito olímpico não aguenta mais de 15 minutos de fila, então não consegui fazer nada disso, apesar de querer muito, mas fui passear pelas exposições.

No térreo, imagens e histórias da Educate a Child, fundação qtari para educação de crianças pelo mundo. Como é um tema que me toca mundo, achei bem legal. No primeiro andar acontece uma visita guiada em quatro exposições (e, sim, também há fila para isso). Cada exposição aborda uma temática: história, geografia, turismo e esportes. Todas são super hi-techs e interativas (tem até passeio de camelo!).

IMG_6542

Imperdível porque…

O local está lindo de viver (até uma fragrância foi desenvolvida para o espaço, deixando o local muito cheiroso), as inscrições antecipadas fazem com que não fique lotado, o serviço é incrível, as exposições interessantes e a programação muito boa. Vale a pena pagar 20 pratas para conhecer mais sobre o país e seus costumes. Já as filas estão desanimadoras mesmo.

IMG_6541

– –

Bayt Qatar
Onde: Casa Daros -Rua General Severiano, 159 – Botafogo.
Quando: 4 a 21/8 – segunda a quinta, 18h/22h; sextas e sábados, 15h/0h; domingos, 15h/22h
Quanto: R$20 – somente com inscrição prévia no site Bayt Qatar.