Japa carioca! Vem aí a 16ª edição da Festa do Japão

Quem vai uma vez, já marca na agenda as próximas edições. E quem não ainda não foi, não vê a hora de conhecer! A Festa do Japão já faz parte do calendário da cidade e é muito querida por cariocas, mesmo os(as) que não são descendentes de japoneses.

FestadoJapão 13.8.2016_31

Neste ano, a festa acontece nos dias 19 e 20/8, no Parque do Flamengo, no Aterro. Vão rolar muitas comidinhas gostosas (sushi, yakisoba, tempura, temaki, karê, udon) e atividades culturais, desde exposições de artes tradicionais, como ikebana (arranjos florais), oshie (gravuras em alto relevo), shodō (caligrafia japonesa) e haikai (poemas curtos). A festa conta também com apresentações de karatê, taiko (tambores japoneses), sumô, kendô, aikidô e canções japonesas.

E aqueles realmente apaixonados pela cultura japonesa ainda podem concorrer a bolsas de estudo dos cursos do Instituto Cultural Brasil-Japão (língua japonesa, história & cultura do Japão, ikebana, shodō, origami, oshie, ninhonga (pintura), culinária japonesa e chanoyu (cerimônia do chá). #EuQuero!

No sábado (19) será das 17h às 23h, e domingo (20), das 10h às 18h.

Anúncios

Ron Mueck (sem fila!) no MAM

Quem passou pelo MAM no último mês, viu a enorme fila que estava (e ainda está) por lá. O que todos querem conferir de perto são as esculturas incrivelmente realistas criadas por Ron Mueck, em exposição até 01 de junho.

Se você é daquelas pessoas que gosta de um museu tranquilo, sem filas, empurra-empurra e congestionamento de pessoas para tirar fotos, esqueça. As obras do escultor australiano atraem um público bastante heterogêneo, formado de crianças, jovens, adultos, idosos, grupo de escolas… um pequeno universo barulhento e munido de máquinas fotográficas.

Quarta-feira, 16h e o MAM está lotado para conferir Ron Mueck
Quarta-feira, 16h e o MAM está lotado para conferir Ron Mueck

Mas não se engane: você também fará parte disto! É impossível não exclamar um “uau”, ou “ahhh” e “parece de verdade!”,  ao admirar as obras. O realismo de cada detalhe é impressionante. Gigantes ou mínimas, cada peça possui um detalhamento minucioso, belo e muito real.

Por onde passa, as obras do escultor australiano atraem milhares de pessoas
Por onde passa, as obras do escultor australiano atraem milhares de pessoas

Não resista a sua vontade de fotografar tudo (fotos sem flash estão liberadas)! Há também um vídeo que mostra o processo de montagem das exposições e Ron Mueck pelo mundo.

Os detalhes das obras impressionam pelo perfeccionismo
Os detalhes das obras impressionam, é impossível não querer fotografar!

Agora vem a melhor parte desse post! Como toda a cidade (e as cidades próximas) querem ver a exposição, as filas são grandes – e diárias. Quem gosta de se antecipar, pode comprar os ingressos pela internet – inteira R$14 e meia R$7. Porém, as quartas-feiras, a partir das 15h, o MAM é gratuito para todos!

Fomos na última quarta (30/4) conferir a exposição e experimentar a gratuidade, e realmente está valendo. Entramos sem fila, e sem pagar nada!

A entrada é R$14, mas as quartas-feiras é grátis ;)
A entrada é R$14, mas as quartas-feiras é grátis 😉

Além das obras de Ron Mueck, o museu conta com exposições de obras restauradas do seu acervo, coleções particulares e uma série de cartazes de filmes nacionais antigos. Vale conferir tudo, e de graça é ainda melhor!

As obras de Ron Mueck ficam no MAM até 01 de junho
As obras de Ron Mueck ficam no MAM até 01 de junho

O MAM Rio fica na Av. Infante Dom Henrique 85 – Aterro.
Funciona de terça à sexta, das 12h às 18h. Sábado, domingos e feriados, das 11h às 19h.