Filmes tailandeses premiados em cartaz no Centro

Conhece o cinema tailandês? Pois é, também não. Mas tenho aqui uma boa oportunidade para aprendermos mais sobre a cultura tailandesa a partir dos seus filmes. A mostra Cinema Tailandês, em cartaz na Caixa Cultural, apresenta neste final de semana (15, 16 e 17/7) filmes premiados em importantes festivais internacionais.

Na programação,“As Damas de Ferro”, baseado em fatos reais e menção especial no Festival de Berlim; “Seda Negra”, indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim; “Ponto de Fuga”, vencedor do Tigre de Ouro do Festival de Rotterdam e “História Mundana”, também vencedor do Tigre de Ouro do Festival de Rotterdam.

cinema_tailandes01.jpg

A mostra segue até dia 24/7, com filmes de terça a domingo. Os ingressos custam R$4 (inteira) e R$2 (meia).

Confira a programação completa:

15/7(sexta−feira)
17h – Perigo em Bangkok (2000), de Danny Pang e Oxide Pang, Tailândia, Digital, 105 min, 16 anos.
19h – As Damas de Ferro (2000), de Yongyoot Thongkongtoon, Tailândia, Digital, 104 min, Livre.

16/7 (sábado)
16h15 – Seda Negra (1961), de Ratana Pestonji e Ratanavadi Ratanabhand, Tailândia, Digital, 129 min, 12 anos.
18h45h – Ponto de Fuga (2015), de Jakrawal Nilthamrong, Tailândia/Holanda, Digital,100 min, 14 anos.

17/7 (domingo)
17h10 – História Mundana (2009), de Anocha Suwichakornpong, Tailândia, Digital, 82 min, 10 anos.
19h – Perigo em Bangkok (2000), de Danny Pang e Oxide Pang, Tailândia, Digital, 105 min, 16 anos.

19/7 (terça−feira)
17h – As Damas de Ferro (2000), de Yongyoot Thongkongtoon, Tailândia, Digital,104 min, Livre.
19h – Síndromes e Um Século (2006), de Apichatpong Weerasethakul, Tailânda / França / Áustria, Digital, 105 min, 10 anos.

20/7 (quarta−feira)
17h – Ponto de Fuga (2015), de Jakrawal Nilthamrong, Tailândia/Holanda, Digital, 100 min, 14 anos.
19h – História Mundana (2009), de Anocha Suwichakornpong, Tailândia, Digital, 82 min, 10 anos.

21/7(quinta−feira)
17h – Tio Boonmee, Que Pode Recordar Suas Vidas Passadas (2010), de Apichatpong Weerasethakul, Tailândia / Reino Unido / França / Alemanha / Espanha / Holanda, Digital, 114 min, 10 anos.
19h30 − Tongpan (1977), de Euthana Mukdasanit e Surachai Jamtimatorn, Tailândia, Digital, 63 min, 10 anos.

22/7 (sexta−feira)
16h00 – Transistor Monrak (2002), de Pen-Ek Ratanaruang, Tailândia, Digital, 129 min, 14 anos.
18h30 – Para Sempre Seu (1955), de Ratana Pestonjii, Tailândia, Digital, 112 min, 10 anos.

23/7(sábado)
14h50 – Síndromes e Um Século (2006), de Apichatpong Weerasethakul, Tailânda / França / Áustria, Digital, 105 min, 10 anos.
17h – Tio Boonmee, Que Pode Recordar Suas Vidas Passadas (2010), de Apichatpong Weerasethakul, Tailândia / Reino Unido / França / Alemanha / Espanha / Holanda, Digital, 114 min, 10 anos.
19h30 – Debate O Cinema Tailandês na Contemporaneidade.
Com Ruy Gardner e Victor Dias. Mediando o  debate Fabiano de Freitas.

24/7(domingo)
16h – O Cidadão (1977), de Chatrichalerm Yukol, Tailândia, Digital, 124 min, 10 anos.
18h20 – Freelance: Ataque do Coração (2015), de Nawapol Thamrongrattanarit, Tailândia, Digital, 130 min, Livre.

A Caixa Cultural fica na Av. Almirante Barroso, 25 – Centro.

cinema_tailandes02.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s